ADA ב Influencers

O Futuro do Marketing de Influência em 2023: Tendências Emergentes e o Papel da Tecnologia

O Futuro do Marketing de Influência em 2023: Tendências Emergentes e o Papel da Tecnologia

Futuro do Marketing de Influência
Futuro do Marketing de Influência

Indiscutivelmente, o marketing de influência está numa curva ascendente significativa. Contudo, questiona-se qual será o formato que este setor adotará ao prosseguir nessa trajetória ascendente. À medida que as preferências do consumidor se modificam, com a aparição de novas tendências e a entrada de novos usuários no ciberespaço, profissionais de marketing digital e criadores de conteúdo devem acompanhar essa evolução para não serem ultrapassados.

O segredo para estar em dia com essas mudanças está na análise de dados. O antigo método de pesquisas manuais e análises simplistas perdeu sua eficácia na coleta eficiente de informações sobre influenciadores digitais e grandes audiências. Dessa forma, profissionais de marketing digital devem recorrer a tecnologias avançadas que imitem a análise humana, tais como reconhecimento de imagem e processamento de linguagem natural (PLN), ferramentas capazes de avaliar centenas de perfis de forma quase instantânea. O futuro do marketing de influência estará intimamente ligado à análise de dados, e as plataformas estão se aprimorando para satisfazer ainda mais essa demanda.

Esses avanços tecnológicos não beneficiarão somente as marcas e agências de marketing de influência. Redes sociais como Instagram estão constantemente criando novas maneiras de promover o engajamento com os influenciadores digitais em suas plataformas. Isso se dá pelo reconhecimento do potencial de receita que é possível ao atrair influenciadores altamente criativos e motivados. Os avanços nas compras via app e a rastreabilidade de comissões são apenas algumas das inovações recentes. A previsão é que em 2023 mais funcionalidades serão adicionadas ao comércio social.

Como os Influenciadores Digitais Dominarão o Funil de Marketing Digital

Em consonância com essa previsão, acredita-se que os influenciadores digitais em breve terão controle sobre todo o funil de marketing digital, integrando campanhas que permitem aos seguidores comprar produtos diretamente de uma postagem patrocinada. Isso elimina a necessidade de redirecionar usuários para um site separado e preencher um carrinho com vários itens antes de concluir a compra. Tal facilidade, sem dúvida, aumentará a lucratividade e fará dos influenciadores digitais uma parte ainda mais essencial na jornada do consumidor.

Por fim, apesar dos mercados emergentes de macro e mega influenciadores no Brasil demonstrarem que perfis de celebridades ainda são atrativos, a alta concentração de influenciadores menores nos mercados emergentes sugere que perfis menores e de nicho são a estratégia mais eficaz para atenção e investimento. À medida que os usuários recorrem cada vez mais às redes sociais para encontrar produtos e serviços, é provável que mais empresas colaborem com nano, micro e médios influenciadores para alcançar potenciais clientes em suas comunidades.

Fundador e CEO da Ada Influencers
allex@adainfluencers.com
“Marketing de influência feito por pessoas para pessoas.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima