ADA ב Influencers

As 17 Tendências Imperdíveis de Marketing de Influência para 2024: Insights e Estratégias Baseadas em Dados 

As 17 Tendências Imperdíveis de Marketing de Influência para 2024: Insights e Estratégias Baseadas em Dados 

Preparar-se para as tendências emergentes de marketing de influência em 2024 é essencial para influenciadores e marcas que buscam consolidar sua presença digital. A ascensão do marketing de influência é evidenciada por uma série de estudos e pesquisas que destacam a expansão e a evolução do campo. Com novas plataformas e métodos de engajamento surgindo anualmente, os influenciadores mais informados são aqueles que adaptam suas estratégias para manter a relevância e atratividade para as marcas. Em contrapartida, as marcas buscam capitalizar nessas tendências para expandir seu alcance e converter novos clientes. 

O cenário pós-pandêmico e a recuperação das repercussões da guerra na Ucrânia trouxeram um foco na economia e eficiência do marketing. O Fundo Monetário Internacional (FMI) indica uma desaceleração global, com a economia avançada mostrando redução no crescimento de 2,7% em 2022 para 1,3% em 2023. Contudo, a Morgan Stanley Research apresenta uma visão otimista, com expectativa de recuperação a partir de 2024. 

O marketing de influência demonstrou resiliência e crescimento durante a pandemia, com projeções apontando para um aumento significativo de valor, potencialmente alcançando cerca de $21,1 bilhões em 2023, conforme um relatório de referência do setor. A Data Bridge Market Research prevê que o mercado de plataformas de marketing de influenciadores poderá atingir até $69,92 bilhões até 2029, com um CAGR impressionante de 32,50% entre 2022-2029. 

Em 2024 devemos estar atentos as seguintes tendências: 

1. Inteligência Artificial (IA) Transformando a Seleção de Influenciadores: 

  • A IA, como integrada pela Upfluence, está ganhando terreno no marketing de influência, apontando para uma adoção generalizada em 2024 e além. 

2. Crescimento do Seguimento de Criadores em Plataformas Múltiplas: 

  • Com “superfãs” seguindo criadores em diversos canais, a interação e a visibilidade em várias plataformas tornam-se cruciais. 

3. A Crucialidade dos Influenciadores nos Programas de Afiliados: 

  • A Refersion já percebe a fusão entre marketing de influência e de afiliados, indicando uma sinergia crescente entre estas estratégias. 

4. Predomínio das Compras ao Vivo: 

  • O Shopify reconhece o potencial do comércio ao vivo, apoiado por estatísticas que sugerem uma preferência por essa modalidade de compra. 

5. Foco em Diversidade e Representação: 

  • Agências como REFLECT, Shade e Black Girl Digital estão na vanguarda da promoção de diversidade e inclusão no marketing de influência. 

6. Preferência por Parcerias de Longo Prazo: 

  • Neal Schaffer defende a transição para colaborações sustentáveis, refletindo a necessidade de um compromisso mais profundo entre marcas e influenciadores. 

7. Crescente Investimento no TikTok: 

  • Dados da TheB2BHouse indicam que os investimentos no TikTok podem dobrar até 2024, confirmando a plataforma como um gigante emergente do marketing de influência. 

8. Domínio dos Vídeos Curtos: 

  • A popularidade de formatos como Instagram Reels, YouTube Shorts e Triller ressalta o impacto dos vídeos curtos no engajamento do público. 

9. A Ascensão das Ofertas Baseadas em Desempenho: 

  • Negociações que vinculam compensação ao sucesso real de vendas e engajamento estão se tornando a norma. 

10. Especialização e Profissionalização dos Influenciadores: 

  • A especialização em nichos específicos e a profissionalização do campo são tendências apontadas pela Kolsquare e outros estudos. 

11. Aumento das Colaborações entre Influenciadores:

  • A co-criação e o trabalho conjunto entre influenciadores estão crescendo, impulsionando o valor e o retorno das campanhas. 

12. Necessidade de Dados Próprios: 

  • Com a internet se afastando dos cookies, influenciadores e marcas devem priorizar a coleta de dados primários. 

13. Enfoque na Autenticidade: 

  • A genuinidade no marketing de conteúdo torna-se primordial para a ressonância com o público. 

14. Novos Cargos Corporativos para Gestão de Influência: 

  • A expectativa é de que as empresas introduzam funções executivas específicas para o gerenciamento de marketing de influência. 

15. Engajamento de Funcionários como Influenciadores: 

  • Programas que incentivam os funcionários a atuarem como influenciadores estão ganhando terreno. 

16. Publicidade Paga Complementando o Alcance: 

  • A união entre marketing de influência e campanhas pagas está se tornando uma estratégia essencial para amplificar o alcance. 

17. O poder dos micros influenciadores: 

  • A autenticidade na promoção de produtos nas redes sociais está se tornando uma força poderosa, com usuários cotidianos conquistando a confiança do público. A valorização da credibilidade está em alta, sugerindo que marcas devem considerar parcerias com indivíduos genuínos que refletem consumidores reais. Ao formar comunidades de micro influenciadores, as empresas podem se beneficiar de um engajamento surpreendentemente robusto graças à ressonância autêntica dessas vozes coletivas. 

Essas tendências sinalizam uma era de marketing de influência ainda mais integrado e estratégico. A expectativa é que os gastos com influenciadores ultrapassem $7 bilhões em 2024, enfatizando a importância de estratégias direcionadas e bem pensadas. 

Acompanhe a ADA Influencers: 

Confira mais artigos através do nosso blog

#MarketingDeInfluencia2024 #EstrategiasDigitais #TendenciasInfluencers #InfluenciaDigital #AutenticidadeMarketing #InovacaoDigital #PublicidadePaga #InfluencersEconomia #InvestimentoEmInfluencers #FuturoDoMarketingDigital #MicroInfluenciadores 

Fundador e CEO da Ada Influencers
allex@adainfluencers.com
“Marketing de influência feito por pessoas para pessoas.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima